top of page

Redação Descomplicada: Desvendando os Segredos para uma Excelente Performance no ENADE

Atualizado: 22 de out. de 2023



A prova do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) é um importante momento na trajetória acadêmica, exigindo dos estudantes habilidades como leitura crítica, argumentação e expressão escrita. Nesse contexto, a redação discursiva desempenha um papel fundamental, sendo necessário dominar técnicas e estratégias que garantam um bom desempenho. Este artigo apresentará uma estrutura didática de boas práticas na elaboração de redações discursivas para o ENADE, visando auxiliar os estudantes a alcançarem sucesso nessa etapa tão importante.


1. Leitura e análise do texto motivador


Ao receber a prova do ENADE, é imprescindível dedicar um tempo para uma leitura atenta e minuciosa do texto motivador. Compreender os argumentos e exemplos apresentados no texto é essencial para fundamentar a argumentação da redação. Além disso, entender a linha de raciocínio do autor permite identificar as intenções e construir uma abordagem coesa e consistente.


2. Delimitação do tema


Após a leitura do texto motivador, é necessário delimitar o tema e definir os pontos principais a serem abordados na redação. Essa delimitação é importante para evitar dispersões e garantir que o texto tenha foco e objetividade. Identificar os principais aspectos do tema proposto contribui para uma análise aprofundada e uma argumentação mais precisa.


3. Organização do texto


A estruturação adequada da redação é crucial para uma boa compreensão do conteúdo pelo leitor. A introdução deve apresentar o tema de forma clara e objetiva, contextualizando-o e expondo uma tese ou posicionamento. O desenvolvimento, organizado em parágrafos sequenciais, deve apresentar argumentos consistentes embasados em dados, fatos e teorias. A conclusão deve retomar a tese, sintetizar os principais argumentos e propor uma reflexão final sobre o tema.


4. Argumentação consistente


Uma redação discursiva de qualidade deve ser sustentada por argumentos sólidos. Utilize exemplos, estatísticas e citações de especialistas para fundamentar suas ideias e convencer o leitor. É fundamental apresentar uma linha de raciocínio coerente, evitando contradições e refutando possíveis contra-argumentos de forma persuasiva. Uma argumentação bem estruturada aumenta a credibilidade do texto e fortalece a sua persuasão.


5. Clareza e objetividade


A clareza na escrita é essencial para garantir a compreensão do leitor. Utilize uma linguagem simples, evitando ambiguidades e ambiguidades de interpretação. Organize as ideias de forma lógica e sequencial, permitindo que o leitor acompanhe o seu raciocínio de maneira fluente. Seja objetivo na exposição das informações, evitando divagações desnecessárias.


6. Coerência textual


Mantenha uma relação lógica e coerente entre as ideias apresentadas ao longo da redação. Certifique-se de que há uma progressão temática no desenvolvimento do texto, de forma que cada parágrafo esteja conectado ao anterior e ao próximo. Evite contradições e incoerências, garantindo que as informações sejam apresentadas de maneira consistente e harmoniosa. A coerência textual é fundamental para a compreensão e a aceitação das ideias expostas.


7. Uso adequado da norma culta


A redação do ENADE exige o uso correto da norma culta da língua portuguesa. É importante empregar a gramática, a sintaxe e a ortografia de maneira correta. Evite o uso de gírias, coloquialismos e expressões informais, que são inadequados para esse tipo de texto. Revisar o texto é essencial para corrigir erros gramaticais e de digitação, garantindo a qualidade e a credibilidade da redação.


Conclusão


Elaborar uma redação discursiva de qualidade para o ENADE demanda habilidades específicas e um planejamento adequado. Através da leitura e análise do texto motivador, da delimitação do tema, da organização do texto, da argumentação consistente, da clareza e objetividade, da coerência textual e do uso adequado da norma culta, os estudantes podem desenvolver suas redações de forma mais eficiente e impactante. Ao dominar essas boas práticas, é possível aumentar as chances de sucesso nessa etapa tão importante da prova do ENADE.


 

Dicas adicionais


Além das boas práticas mencionadas acima, é fundamental dedicar-se a um treinamento regular da escrita de redações discursivas. Leia e analise textos de diferentes gêneros e estilos, buscando ampliar o repertório e a compreensão de temas relevantes. Mantenha-se atualizado(a) com informações relevantes sobre os assuntos que podem ser abordados na prova. Faça uso de técnicas de argumentação e persuasão para fortalecer a sua escrita. Por fim, não hesite em pedir feedbacks e revisões de professores ou colegas, aproveitando essas oportunidades para aprimorar suas habilidades.


Uma redação bem elaborada requer mais do que apenas habilidades de escrita. Um planejamento prévio é essencial para garantir uma abordagem clara e coerente. Nessa etapa crucial, reservar um tempo para organizar ideias, fazer um esboço e definir a estrutura do texto pode fazer toda a diferença. Confira nossas dicas.

Dicas para Elaboração de Boas Redações

​Leia e analise atentamente o texto motivador da prova.

Delimite claramente o tema e os pontos principais a serem abordados.​

Estruture o texto em introdução, desenvolvimento e conclusão.

Utilize argumentos sólidos e embasados em dados, fatos e teorias.

Apresente exemplos, estatísticas e citações de especialistas para sustentar seus argumentos.

Planeje antes de escrever: Organize suas ideias, faça um esboço e defina a estrutura da redação para ter clareza no desenvolvimento do texto.

Utilize uma linguagem clara, objetiva e adequada ao tipo de texto.

Mantenha uma relação lógica e coerente entre as ideias apresentadas.

Revise o texto para corrigir erros gramaticais e de digitação.


Exemplo de uma redação


Planejamento do texto

I. Introdução


A. Apresentação do tema e sua relevância

B. Apresentação da tese ou posicionamento sobre a importância da sustentabilidade


II. Desenvolvimento


A. Parágrafo 1: Exploração da importância da preservação do meio ambiente

1. Discussão sobre a redução do consumo de recursos naturais

2. Ênfase na reciclagem e reutilização de materiais

B. Parágrafo 2: Exploração da relação entre sustentabilidade e desenvolvimento social e econômico

1. Destaque para a economia sustentável e energias renováveis

2. Impacto positivo na redução das desigualdades e melhoria da qualidade de vida

C. Parágrafo 3: Discussão sobre a necessidade de repensar o modelo de consumo

1. Reflexão sobre o padrão insustentável de produção e consumo

2. Apresentação da importância de escolhas conscientes e apoio a práticas sustentáveis


III. Conclusão


A. Reafirmação da importância da sustentabilidade

B. Chamado à ação para cada indivíduo assumir a responsabilidade de agir de maneira sustentável

C. Perspectiva de um futuro mais equilibrado e harmonioso com a adoção de práticas sustentáveis


A seguir, apresentamos o desenvolvimento da redação, levando em consideração a estrutura mencionada anteriormente.


Título: Sustentabilidade: Um Caminho para um Futuro Promissor


Introdução:


A questão da sustentabilidade tem se tornado cada vez mais urgente e essencial em nossa sociedade contemporânea. Nesse contexto, é fundamental compreender e promover ações que visem a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável. Esta redação discursiva abordará a importância da sustentabilidade e apresentará argumentos que sustentam a necessidade de adotarmos práticas mais conscientes em prol de um futuro promissor.


Desenvolvimento:


A sustentabilidade consiste na capacidade de suprir as necessidades atuais sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir as suas. Nesse sentido, um dos principais aspectos a serem considerados é a preservação do meio ambiente. É imperativo adotarmos práticas que reduzam o consumo excessivo de recursos naturais, como água e energia, bem como promover a reciclagem e a reutilização de materiais, diminuindo assim o impacto ambiental.


Além disso, a sustentabilidade está intrinsecamente relacionada ao desenvolvimento social e econômico. A promoção de uma economia sustentável, baseada em energias renováveis, agricultura orgânica e comércio justo, contribui para a redução das desigualdades e a melhoria da qualidade de vida das comunidades. Investir em educação ambiental e conscientização também desempenha um papel fundamental na formação de cidadãos mais responsáveis e engajados com a preservação do planeta.


Outro aspecto relevante é a necessidade de repensar nosso modelo de consumo. A busca incessante pelo crescimento econômico tem levado a um padrão de produção e consumo insustentável. É imprescindível adotar uma abordagem mais consciente e responsável, optando por produtos e serviços que sejam ambientalmente amigáveis, além de apoiar empresas e iniciativas que adotem práticas sustentáveis.


Conclusão:


Diante dos desafios ambientais e sociais que enfrentamos, a sustentabilidade surge como uma alternativa viável e necessária para garantir um futuro promissor. Por meio da preservação do meio ambiente, do desenvolvimento social e econômico sustentável e de uma mudança de paradigma em relação ao consumo, podemos criar um mundo mais equilibrado e harmonioso.


Portanto, é fundamental que cada um de nós assuma a responsabilidade de agir de maneira sustentável em nosso cotidiano, seja através da economia de recursos, do apoio a iniciativas sustentáveis ou da disseminação de conhecimento e conscientização. Somente assim poderemos construir um futuro no qual as gerações presentes e futuras possam viver em harmonia com o meio ambiente e desfrutar de um mundo mais sustentável e promissor.




390 visualizações0 comentário
bottom of page